sexta-feira, 31 de julho de 2009

ESTA SEMANA...

passou num ápice, praticamente não dei por ela, não fossem os dramas, lágrimas e palavras que nos magoram e poderia jurar que nem a tinha vivido...

no entanto, não posso encerrar a semana e o dia, sem fazer referência ao dia de hoje... o dia em que 14 anos passaram...

14 anos!!! metade da minha idade...

Metade daquilo que vi, vi a teu lado; metade do que senti, senti a teu lado; metade do que aprendi, aprendi a teu lado; metade daquilo que sou, cresci a teu lado... sou metade de ti!!!

ESTOU AQUI QUE NEM POSSO...

a morrer de calor e a desejar chegar a casa para tomar um belo de um duche de água quase fria... é que para variar, eu @me@@@ da Silva com tanto tempo que tive para concluir o meu relatório de estágio (quase 2 meses), só o fiz hoje (último dia de entrega)... resumindo tive de andar a correr o dia todo para o conseguir terminar e agora fui que nem uma maluca a conduzir a apitar a tudo e todos para conseguir cumprir o prazo... até no último trabalho deste curso andei a correr... eu não tenho remédio!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

A PEDIDO...

dos meus caros amigo-simpatizantes-blogo-visitantes aqui ficam duas fotos da dita franja...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

E PRONTO...

acho que foi desta que pirei... dei um pulo ao cabeleireiro na hora de almoço para cortar umas pontitas, quando me lembrei... "já que aqui estou, porque não aproveitar para mudar um cadinho e fazer uma franja???!!!"... e não é que fiz mesmo... acho que pirei!!

terça-feira, 28 de julho de 2009

PASSAM-SE SÉCULOS...

em que não vimos determinadas pessoas e quando finalmente as encontramos percebemos que continuam pequeninas, tacanhas e limitadas... é impressionante!!!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

SÓ PARA INFORMAR...

que o meu pópó já tens voz, uma voz que me limpou cerca de 30eur (irra até doi)... mas parece que a minha carteira está a perder o pio!!!

SÓ PARA DIZER...

que passei um fim de semana que teve tudo para para ser...mas que ainda assim, não conseguiu ser mais que...

é inevitável o estado que inconscientemente me arrastei, está difícil de conseguir gerir, mas ainda assim sei, que será mais uma fase que depressa (espero) ultrapassarei!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

SEMANA EM POLAROIDES...






mais uma rúbrica semanal... talvez a última...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

AIIII AIIII... QUE ESTÁ DIFÍCIL...

de explicar ao meu Boss, que os preços que ele consultou no site da Booking, para um hotel de 5 estrelas no Algarve há 4 dias atrás, não estão mais disponíveis, acabaram, foram alterados... arre que está difícil... eu com tanta coisa para me chatear e estou aqui a preocupar-me e a ganhar cabelos brancos, com isto!!!
Qual é a diferença de ele pagar pagar 2.500eur ou 3.100 eur por 8 dias... só pode estar a gozar comigo... quer-se dizer, eu a contar trocos a esta altura do mês e ele a falar-me em preços completamente estúpidos por uma semana de férias... e ainda por cima no Algarve...

DEIXA-ME...

cá pôr uma bomba calórica no bucho... que tenho cá para mim que o dia hoje vai ser comprido como o caraças!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

GOSTAVA...

de ter a capacidade de interpretar o verdadeiro sentido das palavras, não tentar ir além daquilo que me é dito, não perceber que por vezes são ilusão, não ler nas entrelinhas...

gostava de ser tolinha!

A CLINIQUE...

propôs e eu aceitei... já andava há imenso tempo para experimentar e por este valor não havia como recusar... posso adiantar que estou a dar-me às mil maravilhas e irei certamente continuar a comprar esta marca!!!!

... cuscar aqui!!!

terça-feira, 21 de julho de 2009

HÁ UNS DIAS ATRÁS...

de tanto buzinar a um velho jarreta que me ía passando a ferro na estrada, fiquei sem buzina no meu nabo... até então, ainda não me tinha apercebido da falta que me fazia (tal não é a raridade de vezes que buzino), tirando as situações que chego ao carro e tenho alguém estacionado atrás de mim... das duas uma, ou resolvo rapidamente a falta que a gaja me faz, ou então, quando virem uma maluca a gritar "avisa-se a besta quadrada do carro x que eu quero sairrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr", já sabem que sou eu...

A MODOS QUE É ASSIM...

então adeuzinho sim...

segunda-feira, 20 de julho de 2009

RESCALDO DE MAIS UM FIM DE SEMANA...

no Sábado como combinado lá rumamos para a festinha do primeiro aniversário da nossa afilhada (que se diga de passagem é tão gira como os padrinhos... he he)... bolos, doces, brincadeiras, prendas e criançada e assim se passou mais um sábado... No domingo com uma dose de preguiça em cima do lombo, fomos esticar o pernil num passeio a pé por Lisboa (que mais parece um deserto ao Domingo... encontrar um café aberto em determinadas zonas é uma verdadeira aventura)... à noite para finalizar, fomos até a casa de uns amigos, pôr a cusquixe em dia... a situação mais caricata foi enganar-me a virar para Sacavém e quando dou por mim estou em cima da Ponte Vasco da Gama... resumindo, tive de ir ao Montijo dar a volta... só a mim!

VALE A PENA PERDER UM MINUTO A VER... E PELO MENOS DOIS A PENSAR!!!

UM MIMINHO PARA NÓS...




sexta-feira, 17 de julho de 2009

FUTILIDADES DA SEMANA...

com este título mais parece o nome de uma rúbrica semanal, parece, mas não é... como leitora blodependente que sou, gosto de variar as minhas leituras por muitos e diferentes blogs, desde o que falam de crises emocionais, aos mais notíciosos, aos puramente ficcionais e os que entre uma xaxada, uma crise e um apontamento de loucura, postam roupas e trajes das suas autoras... achei piada e resolvi também eu, postar aqui pequenos detalhes dos meus trapinhos do dia-a-dia!!! Tenho pena que não seja uma rúbrica semanal, mas o meu roupeiro é limitado... ou será a minha carteira... bem, não interessa, aqui ficam os meus trapinhos desta semana (não existe de segunda feira, porque a pancada de tirar fotos a mim própria só começou na terça... podia-me dar para pior)!!!

HOJE...

andava eu muito bem a rebolar na minha cama no meu 3º sono, quando resolvo abrir a pestana e constatar que já eram 9:23... depois de uns largos segundos a tentar perceber se era Sábado ou Domingo, cheguei à triste conclusão que afinal era 6ª feira e que já deveria estar a trabalhar à 23 minutos... conclusão cheguei 1h e meia atrasada ao trabalho, com olhos de sardinha congelada e toda stressada... bela maneira de começar a 6ªf!!!!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

EXISTEM...

aqueles dias que começam de forma normal, banais, iguais a quaisquer outros, mas que durante o dia se vão transformando e acabam da melhor forma possível... que se fossem combinados ou agendados não seriam tão perfeitos, tão envoltos em nós, alheios a tudo... depois o dia amanhece, o despertador toca e percebemos que acabou, que mais um dia nos espera... mais um dia tão normal!!!

quarta-feira, 15 de julho de 2009

PORRA... HAJA PACIÊNCIA

Em tempos, ou melhor, há alguns anos frequentei uma escola de línguas durante dois anos, conheci nesse período uma pessoa, que pouco mais tarde se veio a tornar amiga... sempre nos demos muito bem e apesar de nos vermos poucas vezes sempre mantivemos o contacto em jantares esporádicos, cafézinhos, por email e telefone, mas de há uns meses para cá, esta amizade virou uma tormenta, mais precisamente desde o dia em que essa minha amiga "juntou os trapos" com o seu amado... agora liga-me, sem exageros duas vezes por dia, todos, sim ouviram bem, todos os dias, para me contar as coisas mais parvas e absurdas, começou pelo facto das compras para a casa, passou pelas briginhas, as ausênias do seu amado em todos os campos, o que tinham comido ao jantar, o filme que tinham visto, as voltinhas de fim de semana e etc... eu já não aguento mais, estou fartinha fartinha da gaja... só para verem que um destes dias ligou-me para me perguntar se comia uma sandes de queijo fresco ou não, porque ao que parece se tinha esquecido dela no carro, e agora não sabia se lhe iria fazer mal ou não... dasse mas sou médica de lunáticas ou quê???
agora como não lhe atendo o telemóvel, liga-me para o trabalho e quando lhe digo para me ligar noutra altura porque estou com imenso trabalho, diz que sou uma "desnaturada" que "não lhe ligo nenhuma" e afins... acham esta merda normal??? Mas eu devo ter íman, tenho uma queda especial para atrair gente maluca...

TIVE UMA NOITE DESGRAÇADA...

alguma besta quadrada se lembou de abandonar mais um cão (que se diga de passagem nesta altura até dá dó) e o raio do cão fartou-se de ladrar a noite inteira lá na rua, a minha paciência já era pouca, mas ainda assim, fico de coração partido quando percebo a merda de gente que este país tem... como é que é possível?? como é que alguém abandona um animal para ir de férias??? ou porque afinal o animal cresceu demais??? ou será que foi o apartamento que encolheu??? ... pelo amor de Deus, existem alternativas, existem espaços que ficam com os animais em período de férias... será que pensam em fazer o mesmo aos filhos???? fico convencida que sim, que por vezes daria imenso jeito...
Fico possessa quando alguém oferece um animal ao filho, como quem oferece um brinquedo??? ou quando alguém dá uma fortuna por um animal só porque "é muita giro" ou "está na moda" e até "dá um certo style"... caramba, que povinho mais tacanho e primitivo!!!
"Um país, uma civilização, pode ser julgada pela forma como trata os seus animais." [Ghandi]

BEM, DEVO ANDAR MESMO DEPRIMIDA...







para receber tamanho miminho... pelo menos não me posso queixar com falta de programação para as minhas noites sozinha, dificil vai ser escolher qual é que vejo... ahhh já sei, vai ser conforme a panca... hoje vou ver o Marley e Eu, tenho vontade de chorar baba e ranho... quando tiver com vontade de cortar os pulsos vejo o Second Life (se calhar é melhor não... ou então corto mesmo)!

terça-feira, 14 de julho de 2009

QUE NINGUÉM ME OIÇA...

mas tem-me dado um gozo desgraçado ir buscar a minha sobrinha (que é a coisa mais linda da tia) ao jardim de infância estes últimos dias... logo eu que nunca fui muito dada a catraios, aliás convém frisar que adoro crianças mas no colo dos outros, e verdade seja dita que nunca me imaginei como mãe e nunca fiz planos em relação a isso...
não tenho o relógio biológico a dar horas, mas confesso que alguma coisa mudou!!!

AGORA QUE ME ENCONTRO...

na recta final do meu curso (só me falta a entrega do relatório que já deveria estar pronta, mas enfim... avante) ando à procura de uma oportunidade de trabalho dentro da minha área... não procuro um cargo de topo, mas ando essencialmente à procura de uma melhor oportunidade de trabalho, e por mais incrível que pareca, ando neste frenesim à praticamente dois meses e nada, niente, nicles batatoides... não há nada, o jornal anda magro, os sites de internet especializados em emprego oferecem muito do mesmo, que é como quem diz operadores de call center com fartura!!!
As poucas oportunidades que tenho visto, são más, ou a nível salarial (na grande maioria das vezes) ou a nível de condições de trabalho... é completamente desmotivante!!!
A nível pessoal, estou mais que pronta para abraçar um novo desafio profissional, aliás, foi exactamente a isso que me propus quando entrei há três anos na faculdade, mas as oportunidades não estão ao virar da esquina, principalmente numa altura, em que se fala da crise como se fala de bananas...

segunda-feira, 13 de julho de 2009

EXISTEM MUDANÇAS NA NOSSA VIDA...

que servem essencialmente para nos situar e para percebermos quem somos, quem temos ao nosso lado e qual a importância dessas mesmas pessoas na nossa vida... no meu caso e visto estarmos juntos há tantos anos, acontece, mesmo que inconscientemente, darmos muitas coisas por garantido, quase como certas, quase como se o tempo que estamos juntos pudesse servir de garantia...
como eu estava errada... já há muito que eu precisava que me tirassem o tapete de baixo dos pés, para sentir que afinal nada está garantido, nada é certo!! Precisava de sentir o friozinho na espinha, de perceber que ninguém é insubstituível, precisava de sentir as palavras que por vezes banalizamos de tanto repetir, precisava de sentir o quanto sou especial, precisava de ouvir, sentir e dar tanto!!! Precisava de perceber, que até as plantas, precisam de ser regadas, para poderem crescer!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

ANDO SEM INSPIRAÇÃO...

sem grande vontade de postar, não tenho nada de novo para contar, mais uma semana passou e com ela uma série de acontecimentos que não merecem ser falados, nem recordados na posterioridade... esperam-se dias melhores!!!

terça-feira, 7 de julho de 2009

SE EXISTE COISA...

que me complica com o sistema nervoso são os bancos, são tão complicadinhos, e qualquer tarefa simples e banal, pode ser um osso duro de roer dependendo do artista que se encontrar do outro lado do balcão... a nível pessoal já praticamente não vou ao banco, trato de tudo à distância de um click, mas como a minha empresa ainda funciona de forma arcaica, não tenho como fugir às atribuladas aventuras deste estranho e inigmático mundo...
hoje mesmo, para solicitar o envio do cartão matriz, para que assim possa continuar a aceder rápida e comodamente aos estractos e afins, tive quase meia hora ao telefone, tive que estar a explicar à moçoila o que era um cartão matriz, por que razão necessitava dele (como se tivesse alternativa, visto que é o banco que me impõe esse cartão), depois tive que enviar um fax (parece que o tempo que tive ao telefone não foi suficiente e fiquei com a sensação que eu estava a falar para uma parede)... já só faltava dizer à gaja de que cor eram as minhas cuecas e se já tinha arreado o calhão hoje... dasse!!!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

ANDAVA HÁ SÉCULOS...

para ir à Quinta da Regaleira em Sintra, mas sempre por uma razão ou por outra, ainda não tinha tido a oportunidade, ontem como o tempo não estava para banhos e como tinhamos levantado cedo o rabo da cama, não quisemos dar o Domigo por perdido e lá fomos... e se valeu a pena!!!









no fim, para repôr calorias 6 queijadinhas de Sintra e dois travesseiros....

domingo, 5 de julho de 2009

APROVEITÁ-MOS O SÁBADO...

para dar um saltinho ao Parque das Nações com o meu dog... precisava de andar, de espairecer a cabeça e confesso que as quatro horas que por lá andamos ajudaram na missão!!!
Falámos sobre o novo trabalho uma vez mais, no quanto me deixa desconfortável, no facto de ser temporário, no facto de eu andar triste e isso o magoar.
Não gosto de carregar sempre na mesma tecla, nem de estar sempre a repisar nos mesmos temas, mas os assuntos são para se falar e para mim enquanto não estiverem resolvidos estarão sempre pendentes!

sexta-feira, 3 de julho de 2009

AGORA QUE PAREÇO UMA COBRA A MUDAR A PELE...

restam-me as minhas echarpes para tapar a vergonha do meu peito!!!
P.S. Já sabem, se virem um tipa a bufar de calor por todo o lado, mas ainda assim, enrolada com a um trapo... sou EU!!!

ESTOU EXACTAMENTE COMO NÃO QUERIA ESTAR...

ao fim de uma semana e meia do meu gajo estar a trabalhar à noite, lá rumei com uma amiga para o fantástico mundo da noite, queria conheçer o então novo trabalho, queria ver que era eu a paranóica, queria ver que os filmes na minha cabeça não faziam o menor sentido, queria ver que afinal o que conta são os sentimentos, queria ver que afinal é apenas e só um trabalho, queria ver exactamente o contrário daquilo que estou a sentir desde que este inferno começou, mal me conheço...
saí de casa às 23:45 praticamente arrastada, lá me arrangei em jeito de saída, pelo caminho ainda propus dar-mos um salto a outro lado, mas sem sucesso, nem 15m passados e eu tinha acabado de chegar...
chegadas ao local, escusado será dizer, que na zona de bares em redor, as pessoas já se apinhavam nos bares, não precisei de procurar muito para encontrar o novo bar, super in, com dois super armários (seguranças) à entrada e com direito a passadeira vermelha... lá dentro sem grandes surpresas a música estava em altos berros, mal dava para nos ouvirmos, 3 tipas em jeito de stripers já animavam a festa, e eu cada vez mais me sentia menos à vontade... lá o vi, demorou para que os olhos dele se cruzassem com os meus... iria quase jurar que ficou contente por me ver, no meio da surpresa... mas eu não!!!
gostei do espaço, do ambiente e quase que gostei da música (caso tivesse um nadita mais baixo), mas não gostei de ver o meu namorado ali, estive lá dentro cerca de 1hora e pouco, mas entretanto tive que me vir embora, estava a ficar com uma neura desgraçada e resolvi que já tinha visto aquilo que queria (ou o que não queria)!!!
Não vim logo para casa, precisava de digerir "esta nova realidade", enfiei-me num bar pouco mais à frente, onde bebi e não paguei, a Ladys Night tem destas coisas, ainda abanei o esqueleto, quase que numa tentativa frustada de me tentar divertir, mas não... não era a minha onda, aliás, não é a minha onda...
hoje aqui estou com apenas 3 horas de sono, sem base, sem anti-olheias, de cara lavada, mal humurada, a pensar nas decisões que preciso tomar, a pensar no quanto elas me irão custar...

quinta-feira, 2 de julho de 2009

JÁ PERDI A CONTA ÀS VEZES...

que ouvi "credo, tás tão magra" ou "tás muito mais magra" ou "tás magrissíma", e outras tantas como estas... inicialmente fiquei intrigada porque eu não notava nada, nadica, nem na roupa, depois começou a irritar-me e agora já nem ligo... mas por via das dúvidas lá fui eu (um destes dias) à farmácia, num shopping ao pé de minha casa, para tirar as dúvidas, a dita farmácia tem uma balança toda XPTO que não só pesa, como mede, como dá relatório de massa corporal e fiquei na dúvida se não tira fotografias...
e lá está, de facto estou muito mais magra... 650 gramas em relação ao que pesava em período igual no ano passado e 352 gramas em relação a 2007
de facto estou espantada com a visão raio X da malta com quem me dou... como tal, hoje vou iniciar uma severa dieta...
P.S. agora digam de sua justiça, se peso 95 kilos e tenho 1m e 30, estou gorda????? arre, gentinha invejosa

DETALHES QUE NÃO INTERESSAM A NINGUÉM...

existem detalhes que só aos intervenientes das relações interessam, e perguntam vocês porque me fui lembrar desta, e pois bem... há dias quando estava eu com uma amiga, numa das nossas saídas, diz-me ela que iria também aparecer um amigo dela para se juntar a nós, eu fiquei possessa, epá, não gosto de marcar um café com uma pessoa e ela trazer outra que eu não conheço, fica aquele ambiente esquisito no ar, falta por vezes o tema, surgem aquelas conversas sobre episódios que nos são completamente alheios e etc, e para não contrastar eu não estava em dia de conversas de conveniência, mas enfim, nada a fazer, já estava combinado...
antes do fulano chegar, ela começou assim em jeito de relato, a falar do "tal amigo", que afinal não tinha sido só amigo e tré té té e pardáis ao ninho, eu que já a conheço há séculos, não sabia da parte do ter sido algo mais, começo a puxar por ela, até porque na altura, ela namorava e pelo que estava a perceber aquilo tinha sido um pular de cerca, logo ela que é tão "cumpridora dos seus deveres", quando dei por mim estava a relatar-me minuciosamente que aquele tipo tinha a... (e aqui peço atenção para os mais sensíveis e púdicos) "pila" maior que já tinha visto na vida e com gestos tentava fazer-me perceber o "tamanho" da coisa... ela sabe como sou, sou muito brincalhona e nada púdica, agora relatar-me o tamanho do "abono de familia" de um fulano que estava quase a chegar e que não conhecia de lado nenhum já era informação a mais... concluindo, o tal café não correu assim muito bem... não é possível olhar para um pessoa e estar inpávida e serena, quando minutos antes, a sua nudez e forma física foi tema de conversa... mas enfim, daquela miúda espera-se qualquer tipo de conversa...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

ONTEM FOI A MINHA VEZ DE IR AOS SALDOS...

a ideia principal era comprar um prendinha para a minha mami que faz anos hoje, mas não consegui resistir aos saldos, se bem, que é exactamente nestas alturas em que tenho menos paciência para andar enfiada nas lojas, porque está sempre tudo fora do lugar, tudo amontoado em cima das mesas e as filas para os provadores deitam por terra a minha mais feroz veia de consumidora... mas ontem o Colombo estava calminho, que é como quem diz, havia espaço para andar à vontade, sem encostos os encontrões...
Aproveitei a companhia da minha prima emprestada e lá fomos jantar e fazer uma compritas...
na volta trouxe uma echarpe linda (mais uma...), uma mala super-hiper-mega fashion e uma túnica que é um mimo...