quinta-feira, 19 de junho de 2008

CONSTATAÇÕES

É triste quando temos que nos reduzir à nossa condição de pobres coitados e de perceber que o sol quando brilha, não é bem para todos... ou melhor que uns (eu) apenas apanham uns pequeninos raiozitos, assim a modos que nublosos na pinha...
e isto a propósito, de como jovem universitária (LoL... jovem??? já era para estar licenciada há uns anitos, não andasse eu a pensar em tudo menos em estudar)... bem mas avante... dizia eu que como universitária ADORAVA (e não é para menos), fazer Erasmus... mas depois de equacinar todas as possibilidades (um ano fora de Portugal, a pagar universidade, a pagar estadia, comida, e todas as demais despesas associadas a uma vida no estrangeiro, e isto sem trabalhar), cheguei à triste e dolorosa conclusão que não podia de forma alguma dar-me a esse luxo (sim luxo, porque os poucos que gozam dessa previlégio, não se devem aperceber que é um luxo), e já estou mais que conformada, era de facto uma mais valia para o meu curriculo mas não posso mesmo (ainda mandei uma carta ao Pinto Balsemão a perguntar se me queria adoptar como filha durante o ano de Erasmus, mas não obtive qualquer resposta), e então o meu último ano de curso irá mesmo ser na minha faculdade, em Lisboa e já gozas (até porque a mensalidade não é pêra doce)...
Estava eu ontem numa aula, a saber as minhas notas e um breve resumo da minha prestação neste semestre, quando me entram pela sala dentro dois alunos do mesmo curso, mas diurno, a pedir ao prof. indicações sobre qual as disciplinas que deveriam fazer no estrangeiro, pois eles íam já em Outubro partir em Erasmus.... AHHHHHHHHHHH.... até me deu uma coisinha má, dois mamarrachos daquele tamanho com apenas menos 4 anos que eu, a estudar numa faculdade particular, não trabalham, não fazem nenhum, nem sequer tiram boas notas, porque nós da noite temos sempre muito melhores notas... e vão em Outubro partir em Erasmus...
Eu sei que a inveja é uma sentimento muito mau, e eu nem sequer o sou, apenas vejo que dois surtudos têm essa oportunidade e não lhe dão sequer o devido valor... nada
e eu que o adoraria fazer, tenho que me reduzir à minha condição de pobre coitada, aguentar aqui com o cu mais um ano e nada de "bufar"...
Prontos, foi um post assim a modos que "piquinhas" mas tinha que o fazer... nada mais me resta que aguentar este ano e quando acabar o meu curso, aí sim com o canudo na mão (se é que me vale de qualquer coisa) partir rumo à aventura por essa Europa fora, à procura do meu lugar ao sol...

3 comentários:

AB disse...

Por vezes também temos necessidade de ser piquinhas. È uma maneira de desabafar e nos sentirmos melhor.
Beijinho.

Ervi Mendel disse...

Não é à toa que lhe chamam fazer "orgasmus", hehehe, de tão bom que é...

@me@@@ disse...

he he... "orgasmus" LoL... acredito