segunda-feira, 26 de março de 2012

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

RAIOS PARTAM ESTA GAJA QUE NAO ESTA' SOSSEGADITA!

eu prometo que me irei deixar de merdas, sei que disse que tinha mudado de casa e enquanto o diabo esfregou o olho virei costas aquela treta e bati a porta, entretanto fui vivendo, fui de ferias a Portugal e a pedido de muitas pessoas (uma, sendo sincera) voltei a escrever, ate agora nao escrevi grande coisa para ser sincera, mas a ver vamos.... por isso volto a anunciar que mudei de casa e quem me quiser visitar é AQUI que me vai encontrar, prometo que sera' a terceira e ultima vez.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

se o dia de hoje sempre teve pouca importância para mim, hoje então, posso dizer que não significa nada...

domingo, 13 de fevereiro de 2011

uma boa terapia é sair, ou melhor, para mim a melhor terapia tem sido sair, estar em boa companhia, beber um copo, comer bem. Tenho encontrado um ombro amigo em pessoas que até agora não dá-va um chavo por elas, mas mais uma vez enganei-me.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

quando a pessoa que amamos nos desilude o chão vai abaixo, e com ele vamos nós também, neste caso, eu fui também, depois de muitos trambolhões, de histórias contadas pela metade, de uma realidade que não conhecia e que não queria para mim, depois de muitas noites sem dormir em condições e muitas refeições deixadas pela metade, ainda aqui ando. Hoje mais consciente e mais lúcida, olho para tudo isto de uma forma diferente, ainda muito magoada e depois de ter dito que queria aprender a conjugar o verbo "reconstruir", encontro-me num ponto que nem eu mesma sei muito bem o que quero. O arrependimento de algo para mim não basta e não está a bastar... se calhar sou eu que levo muito à risca esta coisa das relações, dos amores, da cumplicidade e do respeito. Se calhar fui eu que sempre dei tanto de mim e que agora acho que o retorno não está a compensar o investimento.
A única coisa que tenho a certeza é que estamos os dois a olhar para o copo com perspectivas diferentes. Ele vê o copo meio cheio, eu vejo-o meio vazio.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

estou a aprender a conjugar o verbo "reconstruir"...

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

por mais difícil e complicado que seja, preciso de tomar uma decisão, assim não posso continuar... morro todos os dias mais um bocadinho, vivo cheia de "e se isto" e "se aquilo", fantasmas e incertezas que mais não têm feito do que me destruir todos os dias mais um bocadinho, mas essa decisão não depende só de mim, somos dois no barco... hoje mais calma, mais lúcida, com as ideias arrumados, irei me sentar naquela mesa e só sairei de lá com uma decisão... por mais dura que possa ser!