sexta-feira, 27 de junho de 2008

FRANGALHO













Tou completamente podre.... um frangalho... toda rota....
...são os resultados de um óptimo jantar na casa de amigos que se entendeu madrugada dentro....
Hoje está complicado ter sequer os olhos abertos, o "muralhas" e o "bailys" (não sei se é assim que se escreve, mas agora também não interessa nada) deixaram as suas marcas...
Vou ali beber um cafézinho e já venho....

(bocejei tantas vezes a escrever este post que até fiquei com o maxilar dorido)

4 comentários:

AB disse...

Bem... isso hoje estou mau. Espero que o cafézinho te tenha arrebitado.
Beijinho e bom fim de semana.

Ervi Mendel disse...

Isso do maxilar dorido é que é pior, hehehe

O Profeta disse...

Hoje o Mar adormeceu na Aurora
O dia desponta em doce calmaria
Um barco cede ao embalo do vento
Uma gaivota na escarpa o ninho vigia

Hoje o Sol pintou de luz o verde
As hortênsias são nuvens na terra
Plantadas por um deus romântico
No sortilégio que esta ilha encerra


Bom fim de semana


Mágico beijo

café e chocolate disse...

Epá... um cafézinho é sempre retemperador! No meu estaminé etão sempre a sair!