terça-feira, 5 de agosto de 2008

COINCIDÊNCIAS QUE NUNCA O FORAM...

... estava eu aqui na minha labuta diária... quando me entra um sujeito pela porta e pergunta: "É aqui o n.º 12??"
Eu: "é sim"
Sujeito: "Então também é aqui a empresa "X"? é que tenho uma caixa de vinhos e um ramo de flores para entregar à senhora.... uhmmmm deixe-me confirmar...."
Eu: (em pensamento) "para mim??... he he... este meu Luv é uma caixinha de surpressas"...
Sujeito: "... Para a D. Rita Fernandes"
Eu: grrrrrhhhh "Rita quê? Mas não temos aqui ninguém com esse nome??"
Sujeito: "Não??? Então penso que houve qualquer confusão.... obrigada na mesma...."
grrrrhhhh alôô... mas que raio de divagação foi essa... devo pensar que sou a única Maria na terra... e já agora, porque é que o meu Gajo nunca me mandou entregar flores ??? não tinha que ser no trabalho, podia ser em casa....
bem mas que mania esta... de exigirmos às pessoas que amamos qualidades e gestos que simplesmente não possuem... e não são mais nem menos perfeitos por isso...
Vou trabalhar, porque de facto este calor deve estar a afectar-me o Tico e o Teco...

5 comentários:

PAULO disse...

“bem mas que mania esta... de exigirmos às pessoas que amamos qualidades e gestos que simplesmente não possuem... e não são mais nem menos perfeitos por isso...”

Ora aqui está uma atitude sensata.
Gostei de ler isto!

AB disse...

Não deves perder a esperança. Quem sabe um dia...
Beijinho e boa semana.

najla disse...

Mas um ramo de flores entregues ou em casa ou no trabalho deve ser muito bom...feliz a senhora, hein?!?
beijinhos
continuas no teu melhor!

Vício disse...

caixinha de surpresas?
pelos vistos nem um kinder! :D

Nikky disse...

Oh, eu quero uma caixa de vinhos! As flores dispenso...