quarta-feira, 6 de agosto de 2008

PROVAVELMENTE...

Aiii que dilema... e já não é a primeira vez que me apercebo disto, tenho feito por não ligar, por me fazer de desentendida, mas ontem não aguentei mesmo...
... estava a jantar, quando o meu pai me perguntou quando é que a minha casa estaria pronta, expliquei-lhe que conforme o que me foi dito aquando do contrato de promessa de compra e venda, que provavelmente estaria pronta no final de Setembro, mas sabendo como são os "ditos" prazos, espero fazer a escritura, quem sabe, em Outubro ou Novembro... ao que ele me pergunta logo a seguir, se quando tivesse a chave na mão iria logo para lá morar... expliquei-lhe pela oitava vez que, provavelmente não, porque nessa altura estou a iniciar o 3 e último ano de faculdade e que juntando a prestação da casa e da faculdade, fico assim a modos que apertada para ir morar logo lá, tendo em conta que para se morar numa casa são necessários alguns bens, tais como cama, electrodomésticos e afins e que isso custa dinheiro, e que provavalemente isso só irá acontecer quando a faculdade acabar, ou seja, Junho de 2009...
... estranho, já tive esta conversa com ele, algumas vezes, mas ou ele teima em confirmar semana após semana quando dou de "pinote" lá de casa, ou anda com graves problemas de memória... começo a achar que estou assim digamos, que provavelmente a "estorvar"...
Provavelmente, um rapariga na minha idade, já deveria se ter feito à vida (não concordo, mas olhando um pouco à minha volta, assim acontece), provavelmente namorando à tantos anos também já deveria ter dado "corda aos calcantes" e muitos mais provavelmente...
provavelmente poderia ter ficado calada, mas não... ontem saltou-me a tampa...
Depois no final fiquei com a sensação que... provavelmente percebi tudo ao contrário... esta agora?

6 comentários:

Catwoman disse...

Com a idade as pessoas tendem a ficar repetitivas e esquecidas. Experimenta perguntar-lhe se hoje ele não te vai perguntar o mesmo de sempre. lol

Gi disse...

Provavelmente ainda não tiveram uma conversa franca, mesmo franca sobre tudo.
Será isso, provavelmente?
Ou não.

PAULO disse...

Provavelmente aconteceram as três coisas ... saltou-te a tampa, o homem anda distraído e tu entendeste tudo ao contrario…

Como está escrito no “Principezinho” a linguagem é uma fonte de mal entendidos.

Noiva Judia disse...

Acho que isso se passa com toda a gente. Eu quando comprei casa, fiz questão de me mudar só quando já tinha tudo (mobília essencial, claro), mas depois de já lá ter as coisas, tive de organizar bem a saída de casa dos meus pais, ver o que ficava, o que ia, empacatar tudo, pois queria levar as coisas num sábado e ter domingo para as arrumar e adaptar-me à vida na nova casa. e posso dizer-te que a pergunta de: "Então quando é que te mudas?" foi feita bastantes vezes...

Nikky disse...

No entanto, a idade ou a fase da vida em que estamos, tendem quase sempre a "empurrar-nos" para determinados estádios ou situações. Porque parece existir uma lógica natural implícita (que eu detesto).

PAULO disse...

"Porque parece existir uma lógica natural implícita"

Nikki, só há essa lógoca para quem a quer e tantos(as) há que a querem, porque dá muito jeitinho ...