quinta-feira, 28 de agosto de 2008

QUANDO ALGUÉM SE REFERE...


...a alguém com tendo um feitio complicado, ou fulano X é boa pessoa e/ou fulano Y é má pessoa, refere-se basicamente a quê??
Essa comparação é feita com base em que moldes?
Compara-se consigo própria (julgando-se ser o supra suma da personalidade) ou mede determinada personalidade com a régua da verdade, ou será que existe alguma bitola para que comparemos então as boas e más pessoas??
Expliquem-me porque sinceramente não percebo, confesso até que me irrita, quem é que determinadas pessoas pensam que são para julgar as outras… uma coisa é julgar determinado comportamento que nos incomoda e que de acordo com a nossa personalidade ou feitio não encaixa, agora fazer juízos de valor??
Ha ha... até me dá vontade de rir…

6 comentários:

Thea disse...

Não fazemos todos nós esses mesmos juizos de valor para definirmos com quem devemos, ou não, rodear-nos?

:)

Vício disse...

é com base naquilo...

najla disse...

Tem a ver com as noções e os valores entre bem/mal, bom/mau que cada um tem. É com base nesses valores, que tecemos juízos. Decerto, uma pessoa que eu considero "boa pessoa" ou "menos boa", poderá ser diferente para ti. Não só por eu ter uma noção diferente da tua, como está também implicito o comportamento do outro (o que está a ser julgado), que tem/teve comigo e contigo...

mas somos todos um pouquito assim....por muito boa pessoa que sejamos...eheheh

O QUATORZE disse...

Boa Noite
Pois é o feitio é lixado e variado como as impressões digitais, não há uma igual.Ah,Ah,Ah.
Amizade
Luis

Nikky disse...

Muita gente esquece-se de que quando aponta um dedo a outra pessoa, tem pelo menos três a apontar para si. Ora experimenta!

@me@@@ disse...

NIKKY

Utilizo varriadissímas vezes essa expressão, principalmente neste contexto