segunda-feira, 6 de outubro de 2008

COMPLETAMENTE DESMOTIVANTE

Agora que me encontro no último ano do meu curso, é normal que tenha projectos e objectivos estabelecidos, um deles passa por sair do país assim que terminar o curso, tenho em mente a minha querida e adorável cidade de Londres, quero trabalhar sobretudo na minha área, aprofundar o meu inglês (que coitadinho anda pela rua da amargura, devido à falta de treino) e agora muito recentemente começei a pôr a hipótese de tirar em Londres um Mestrado... obviamente que não seria a minha 1ª prioridade no país, mas era (e ainda é) um objectivo... depois de consultar 2 sites de duas universidades que têm os mestrados que pretendo, fiquei completamente desmotivada, os preços apresentados são ainda tão inacessíveis à minha bolsa (tendo em conta que a essa despesa teria que juntar casa, comida e demais despesas)...
Aiiii que tristeza ser pobre...

14 comentários:

Gi disse...

Minha querida, terás que fazer como outros, como , por exemplo, o meu sobrinho: trabalhares lá!
E olha que pode ser muito aliciante.

Maria Manuela disse...

Pois bem vinda ao clube dos que planeiam abandonar este país assim que acabarem o curso e que têm de conjugar todas as opções com uma casa para pagar...

Mas olha que a minha vontade de sair daqui é tão grande que eu até estou disposta a vender a casa !!!

:)

Hands of Time disse...

é assim, a trabalhar cá nunca poderás tirar um mestrado lá e já para o tirares cá :P lá está o melhor é trabalhares lá!! Uma boa opção!

DANTE disse...

Deixa lá isso..nós os pobres temos uma coisa boa...aceitamos tudo.
Ou será má? huh?

Jokas @me@@@ :)

Francis disse...

Era precisamente a questão monetária que ia referir. Londres é bom mas muito caro.

Deixo-te aqui um blog de uma portuguesa que vive e estuda em Londres, pode ser que consigas umas boas dicas.

http://afrikabluesky.blogspot.com/

ela tem o email no profile.

Andreia do Flautim disse...

E qual é a tua área?
Concorre para empregos de lá!

Miepeee disse...

Comecas por arranjar um emprego e partilhas um apartamento com alguem (eu sei que nao e das melhores opcoes) e vais ver que as coisas melhoram. Nao deixes de seguir os teus sonhos por causa do dinheiro, afinal e um investimento que vais fazer.
Beijinho.

Restelo disse...

Tenho uma amiga que começou agora um mestrado em Londres, na área da crítica cinematográfica. Os estudos cá são caros, é um facto, mas em certos casos um mestrado que em PT são precisos 2 anos aqui faz-se em 1. Não que o trabalho seja menos, o que acontece é que fazem tudo num ano (aulas + tese).
Sei que pode dificultar o curso, mas já consideraste estudar e trabalhar ao mesmo tempo?
Ou então vem para trabalhar, juntas umas massas, informas-te melhor e depois logo decides se queres ou não fazer.
Bem, se precisares de algumas dicas, já sabes...

Cati disse...

Estudar em Londres é sinónimo de ser trabalhador-estudante...

Não tenhas receio e vai, embarca!!!
Eu ia... ah se ia!

Londres... I love it!

E se precisares de umas explicações, eu faço-te um nice price :D

Beijoca!

AB disse...

A QUEM O DIZES MINHA AMIGA. EU HOJE ESTOU PELOS CABELOS COM O DINHEIRO QUE A MINHA FILHA JÁ ME LEVOU ESTE MÊS SÓ EM LIVROS, CÓDIGOS E OUTRAS PORCARIAS QUE MUDAM DE UM ANO PARA O OUTRO.
nÃO TARDA ABRO FALÊNCIA.

Sofia disse...

Cá te espero ;) A segunda sugestão da Restelo parece-me uma boa opção.
Beijocas,
Sofia

angelasoeiro disse...

Pois... como te compreendo!! :'(

Trintão disse...

Aconselho Londres a qualquer pessoa que queira sair desta pasmaceira! queres tirar o mestrado em que?

bjs

Pandora disse...

Eu que já vivi por lá 4 anos, digo-te que não é nada fácil. As rendas de casa são muito caras, terias sempre de partilhar a casa com uma ou mais pessoas, além disso, se o teu inglês anda enferrujado, também não conseguirias arranjar grande trabalho e ganhar um ordenado para poderes suportar as despesas.
Quando fui para lá, por causa do meu inglês ser fraco, tive de arranjar três empregos por dia, para me poder sustentar, só ao fim de dois anos é que consegui ter apenas um emprego por dia, de secretária.
A crise está por todos os lados, no nosso país ainda vamos tendo melhor qualidade de vida por causa do nosso solinho.