sábado, 31 de janeiro de 2009

MINHA NOSSA...

a minha alma está parva, acabei de receber um email de um professor, em resposta a uma questão que lhe coloquei, ou melhor, preciso que me assine a minha autorização de estágio e queria combinar uma hora, para que eu e um colega possamos ir ao seu encontro (sobre esta treta do estágio falarei num futuro post) e visto que é uma pessoa tãooooooooooooooooooooo atarefada, que a única solução que arranjei foi esta, enviar um email... e não é que sua magestade do alto do seu metro e meio, com a sua grande barriga e bochechonas a lembrar o Marocas Soares se deu ao obséquio de responder a tão humilde aluna, mas de uma forma tão gentil, mas tão gentil que acabou por me responder a tudo menos ao que eu pretendia... e a intenção que ele tinha, de reforçar o quanto é uma besta quadrada e um otário do crlh, ahhhh isso sem dúvida conseguiu!!
Estes palhaços, que são uns frustados da merda, não devem saber o que são boas maneiras ou mesmo educação... é pena que se encham de títulos honorifícos e que não percebam o mais básico dos básicos...

14 comentários:

Lactrodectus Mactans disse...

Lol...há coisas fantásticas :P

Saltos Altos Vermelhos disse...

Sabes, por muitos estudos ou dinheiro que muito boa gente possa ter, há uma coisa que nunca vão ter (se não a tiverem de base) que é EDUCAÇÃO! é aquilo que se tem ou não se tem PONTO

korrosiva disse...

Deixa lá já faltou mais para te safares disso.

PENSAMENTO POSITIVO!!! :)

Beijinhosss

Cati disse...

Como eu digo sempre que falo de certos profes que tive no ensino superior, são muito bons investigadores, muito inteligentes... mas muito maus professores e seres humanos!

Bom fim de semana!

Cati disse...

Ah!
E se puderes, podias dizer-me onde arranjaste aquele cartaz tão giro a dizer o teu mail? Tu encontras coisas tão giras pá... ;)

rosemary disse...

Como eu te compreendo! Tive professores assim, uma em particular era assim uma coisa... Se tinhamos algum dúvida, não valia a pena colocá-la pois ela comçava a falar, a falar, mas não dizia coisa com coisa. Resultado: ficavamos sempre na mesma...
É preciso ter uma paciência!
Bjs*

João disse...

próximo mail manda-lhe um virus :D

Miss Kitty disse...

Isso também já me aconteceu. Sua alteza respondeu com palavrões e tudo! E tantos cursos e doutoramentos afinal não lhe serviram de muito...

BJS*

●•° Histérica °•● disse...

pois é, também tenho profs assim, que até são capazes de humilhar os alunos sem razão aparente!

Nessa última semana um prof meu, cujo irmão é o actual Procurador Geral da República, disse a uma colega minha no exame oral: "o que andas aqui a a fazer?"

Há coisas incríveis, não há?!
E pessoas inacreditáveis...

;D

Zaka disse...

Quando fiz o meu mestrado, quase que tinha que implorar ao meu orientador que me lesse a tese... para depois, quando eu tirei 18, andar a tentar ficar com alguns dos louros... o que vale é que sou uma cabra que antes disso já tinha dito ao supervisor do mestrado que o outro de orientador não tinha era nada!

Esses gajos a sério.. só à estalada!

New Radical disse...

Ele há gajos do caraças.

Kiss

Frutinha disse...

La acha que tem o rei na barriga. :p

Andreia do Flautim disse...

É preciso ter-se sorte... ou azar!

Pedro Barata disse...

Enfim, há com cada cromo... Tristeza!