quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

FAZ HOJE PRECISAMENTE 9 ANOS...

que tirei a carta, normalmente nunca me lembro destas datas, mas como tive a mexer nos documentos do carro ontem, dei pelo acontecimento… ainda me lembro que tirei a carta porque a minha mãe e o meu namorado não paravam de me sarnar a cabeça, e eu a custo e um pouco contra vontade lá abri o cordões à bolsa e paguei 500 e poucos euros pela dita, dinheirinho que me custou tanto a dar, porque pouco mais que isso tinha na altura… 6 meses depois comprei um Opel Corsa com 11 anos, cor de burro quando foge, não tinha rádio, praticamente também não tinta na mala, mas estava impecável de mecânica, era tão bonitinho, foi o meu 1º bogas, também este me saiu do couro (200 biscas)… ainda andei com este carro 2 anos, mas depois tive a triste ideia de comprar um bogas novo (o que ainda hoje tenho), nunca me deu problemas, apesar de já ter tido um grande acidente com ele (em que não fui culpada, convém dizer para não pensarem que sou uma nabiça a conduzir), mas nunca valeu nem um quarto do dinheiro que durante 4 anos paguei por ele…
Nem sei porque contei isto, mas assim em género de brincadeira constatei que nunca tive uns papás que me pagaram a carta porque tive boas notas, ou que me compraram um carro porque me portei bem… é verdade que nunca fomos ricos, mas mesmo que o fossemos acho que a história era a mesma…

23 comentários:

New Radical disse...

Parabéns á tua carta.
E acho muito bem que a independência seja a regra da tua vida.
Se não contarmos só conosco bem tramados estamos.

Kiss and have a nice day.

nutmeg disse...

Olha, a minha faz daqui a 4 dias 14 anos :)!!!

Miepeee disse...

Ja nem me lembro o dia em que tirei a carta, mas foi ha quase 17 anos...porra estou a ficar velha.
Quanto a carta e ao carro, tive sorte o pai pagou mas avisou-me o proximo pagas tu.

Andreia do Flautim disse...

Eu faço 6 anos que tirei a minha!
Tirando aquele imprevisto de quinta-feira também nunca tinha sequer encostado o carro... Mas enfim!

Nós também não somos ricos, mas por acaso tive a sorte de serem os meus pais a pagarem-me a carta, na altura tinha 18 anos e precisava de ir de carro para a universidade, pois ficava mais barato do que alugar lá um quarto!
O carro era o da minha mãe, um opel corsa também!

Sílvia disse...

Bem eu tenho carta a dois anitos loool... E por acaso foi a minha mae que me ofereceu porque diga-se que não trabalho e não tenho ainda minha independência infelizmente.

p.s. gosto da pulseira e das unhas xD

bjo***

vício disse...

até parece que é motivo de orgulho ter pago essas coisas!
eu recebi a carta, a minha mota, o meu primeiro carro e este que tenho agora, de presente de uma pessoa que gosta bastante de mim... EU!

jg disse...

Gostei da piada em que insinuas que os papás não te compraram um pópó pq te portaste bem.
ALGUMA VEZ NA VIDA TE PORTASTE BEM?!!!

Enxertadinha em corno de cabra e de nariz arrebitado, não adivinho que tenhas o azar de te portares bem!!

Lança disse...

Não te esqueças então de pagar a carta aos teus filhos... :p

Ianita disse...

Também eu paguei a minha carta...

Os meus pais não me deram a carta nem o carro... se bem que me emprestaram o dinheiro para o carro e eu, em vez de pagar ao banco, pagava-lhes a eles. Sempre foi uma ajuda...

Parabéns!

Kiss

Saltos Altos Vermelhos disse...

Podes não acreditar, mas revejo-me em cada palavra que escreves! Acreditas que penso o mesmo do dinheiro que dei pelo meu carro e que paguei durante 3 anos? E paguei tudo do meu bolso, carta. carro!!! E não me caiu as calças LOLOLOL dou-lhe mais valor

João disse...

qualquer dia a carta vai para a faculdade :D

eu cá já ando a poupar para ela e para um carrito :P

korrosiva disse...

Eu entre tirar a carta, e estoirar o dinheiro em não sei que, sempre escolhi a segunda opção... os não sei quês levam sempre a melhor!!!

beijinhoss

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ena, já foi há tanto tempo que nem me lembro. Apenas sei que não gosto de guiar e tirei a carta á força.
PS: Bem, como 24 horas depois continua a postar, presumo que não lhe tenha feito mal a água. No entanto, aqui fica o aviso: o que não mata.... engorda!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ena, já foi há tanto tempo que nem me lembro. Apenas sei que não gosto de guiar e tirei a carta á força.
PS: Bem, como 24 horas depois continua a postar, presumo que não lhe tenha feito mal a água. No entanto, aqui fica o aviso: o que não mata.... engorda!

DANTE disse...

Nunca me passou pela cabeça que fosses uma nabiça a conduzir. Lá um molho de grelos ainda vá... lolololol

Jokas e toca a acelerar na conquista de mais coisas a solo ;D

DANTE disse...

Ah...e a anedota passou-te ao lado assim que carregaste no ENTER ;D

Mozka Tché Tché disse...

A minha carta custou 8 contos.
O primeiro carro foi-me oferecido pelo papá porque arranjei trabalho longe para xuxu. Com esse trabalho fui pagando o pópó. A carta nunca a paguei, portanto, deve ter sido oferta.

Maria disse...

Eu por acaso tive sorte.. A carta e o carro foram-me oferecidos...:)
E um carro logo um mes depois de ter a carta...:P
bjnhooo.

Mau Feitio disse...

Bem...parabens entao! :)

francis disse...

deixa-me cá ver....1987 ;)

Frutinha disse...

LOOOL
Olha... gosto da tua pulseira ihih

Manitas Del Plata disse...

Entao mtos parabens a ti e á carta ;)
e o meu 1º bogas era uma 4 L
ai que saudades :)

Pedro Barata disse...

Cuidado com ela!!! ;)