quinta-feira, 25 de junho de 2009

ESTOU LIXADA... isto para não dizer fodida!


depois de ter o meu gajo durante uma série de tempo a fazer horários de trabalho normais (aqueles em que é possível trabalhar de dia e dormir à noite) lá voltamos nós aos horários trocados e às noites sozinha... isto não é novidade para mim e já estou mais que habituada, mas começo a perder a tolerância, a paciência e o bom senso... se antes conseguia digerir a coisa e tentava, por mais difícil que fosse, levar tudo da melhor forma, hoje não... não entendo, não compreendo, não aprovo, não dou força, nem incentivo, nem merda nenhuma...

13 comentários:

Miss Kitty disse...

É muito complicado mesmo... Têm que conversar e tentar arranjar uma solução..

BJS*

Miss Mau Feitio disse...

A quem o dizes...quantas vezes eu faço noite e ele manhã? Quantas eu saio ás 16h e ele entra ás 17h? :S
Bahhh vida de merda!!!

Não te preocupes, depois compensa...

beijinhos

Saltos Altos Vermelhos disse...

ninguém melhor que eu te compreende :S durante uns anos foi assim, até que ele pediu transferencia e agora só faz manhas e tardes :D

LionMaster disse...

felizmente já deixei essa vida..

E as soluções nem sempre são as melhores.

Beijinhossss

João disse...

o pior é quando estas coisas se vão acumulando e não têm soluções fáceis.

às vezes só tentando pressionar quem "manipula" estas coisas.


beijos

Textículos disse...

"No final bate tudo certo, senão está batendo certo é porque não chegou no final!", dizia um amigo meu brasileiro!

Bangs disse...

Esperemos por melhores tempos =\

volteface.book disse...

Não o pressiones demais para uma mudança radical. Hoje a coisa não está fácil.

Nuno disse...

Muitas vezes, eu e a minha menina temos os nossos horários trocados. Por vezes, passa-se mais de 24 horas que não nos conseguimos ver, embora eu nunca trabalhe à noite. Tento ver isso como uma forma de não nos fartarmos um do outro. =D É preciso é levar as coisas com calma. Seria bem pior se o teu namorado fosse camionista internacional e tivesse que ir para fora durante uma semana...

Beijinhos,
Nuno.

SLZ disse...

O meu pai trabalhou mais de 30 anos na marinha... com ausências enormes e embora dolorosas de suportar, fizeram com que o casamento dos meus pais tenha sido sempre uma lua de mel.

Acho que quando há amor, as coisas resolvem-se.

E hoje em dia não está fácil mudar de trabalho!

nutmeg disse...

Eu e o meu gajo, desde que nos conhecemos, que temos horários inversos... não me faz muita diferença, porque sempre foi assim. Além disso, vou almoçar a casa todos os dias. Mas que custa passar a maior parte das noites sozinha, lá isso custa!

vício disse...

principalmente com o tempo que está!
é chato ter que dormir com os pés frios...

"Mary" disse...

Isso dos horários (e dias) trocados é um assunto que domino.
:(
E depois de longos períodos de "regabofe" e muita fartura, custa ainda mais... estou solidária, portanto!
Desabafa para a frente!