segunda-feira, 29 de junho de 2009

GOSTO DE LER...

principalmente histórias reais, histórias de pessoas contadas para pessoas, histórias contadas sem a intenção de vender, sem a intenção de ludibriar ou convencer, gosto de ler... também gosto de escrever, apesar de reconhecer que não tenho veia de escritora, que me perco entre os meus mil e um pensamentos, na árdua tarefa de os tentar organizar, para que se entendam e no final, vejo que não passam apenas de rabiscos e de sentimentos que de tão atabalhuados, só eu os entendo...
Outrora, tinha o hábito de escrever cartas, não eram de amor, eram cartas que entre uma linha e outra, expressavam um sentimento, uma promessa e até um sonho... escrevi muitas, todas elas destinadas a alguém e entregues em pessoa... com o tempo perdi esse hábito, que tanto prazer me dava, e com ele também o pouco da magia... e entre o "lufa lufa" do dia-a-dia justifico a falta de tempo para expressar aquilo que realmente vai cá dentro...
Um destes dias compro um caderno, daqueles pequeninos, baratos e simples, para que possa andar sempre comigo, para que entre uma corrida e outra, possa novamente retomar um hábito que tão bem me fazia...

8 comentários:

Poetic GIRL - BELA disse...

Nunca é tarde para recomeçar... força. beijocas

volteface.book disse...

Fazes muitíssimo bem. Eu tenho resmas de moleskines (tenho a mania que sou fino) alinhados numa prateleira um a um, mês a mês, ano a ano. Esperam a minha velhice para serem reabertos.

Cor do Sol disse...

Eu tenho. É tão bom e faz com que nos conheçamos melhor.

Poupinhas disse...

Eu tenho uma moleskine continente preta e uma canete sempre na bolsa. Nunca se sabe quando nos dá a vontade de escrever :)

SLZ disse...

Eu era desenhar!
Antes andava sempre com o tal caderninho e sempre que podia, lá fazia um desenho... geralmente enquanto esperava pelo comboio.
Hoje como já não o apanho, perdi completamente a mania de desenhar... e o facto é que actualmente o meu jeitinho está cada vez pior...

disse...

Tenho sempre um molekine na minha carteira, porque também adoro escrever. POr outro lado, criei o blog exactamente para fazer o gostinho ao dedo ;)

pepita chocolate disse...

As cartas são coiss do fundo da alma...também as escrevo. No momento que acho oportuno. Por isso arranjei um blog de cartas, onde posso adicionar imagens ou músicas que associo aos meus pensamentos. Acabei por gostar mais do resultado, do que com o caderninho!
Mas nunca é tarde para começares. E se te sentes bem, porque não começar já hoje?

Beijoca

Olhos Dourados disse...

Ainda vais escrever um livro!