quarta-feira, 21 de outubro de 2009

CONSELHOS E OPINIÕES...


não são de facto a minha onda, não gosto de os dar a quem realmente não conheço ou com quem não tenho uma grande relação de confiança... acabamos nestes casos por usar frases feitas, ou então falar sem conhecimento de causa, o que acaba por não ser grande ajuda... prefiro então, oferecer os meus ouvidos e a minha boa vontade, para que a pessoa possa desabafar, se assim desejar!
Agora quando gosto das pessoa, o caso é diferente, chego a sentir e a tomar as dores alheias (coisa feia, eu sei, mas é mais forte que eu)... hoje de manhã, quando um amigo desabafava sobre um peso e uma dor que carrega há tantos meses sobre os ombros, passei-me, fui demasiado directa, dura e sincera, tão sincera que acabei por pedir desculpa por algumas coisas que disse... não tenho muitos amigos, mas os que tenho, merecem o lugar que a custo conquistaram no meu coração, não os gosto de ver sofrer, e pior, não gosto de os ver iludidos e perdidos na esperança de algo que nunca vai acontecer... depois dou por mim a pensar que deveria ter ficado calada!
Mas ainda assim, lido com eles como um dia se precisar, quero que lidem comigo... gosto de pessoas frontais, directas e sem papas na língua (atenção, não confundir ser directo, com ser mal educado), porque são essas pessoas que me fazem entender sem rodeios e sem artifícios o que me rodeia... por mais difícil que seja ouvir determinadas palavras, são essas palavras que nos acordam dum sonho que não passa disso mesmo....

4 comentários:

disse...

O teu amigo conhece-te e, como tal, mesmo sabe que por mais directa que sejas, estás a ser sincera e a tentar que ele seja feliz.

Lia disse...

a mim custa-me um bocadinho ser directa, porque tenho medo de magoar, mas cada vez mais ando a sê-lo...a idade tem destas coisas

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Se é xaxada ou não, não sei, agora tens um layout lindissimo... adoro limões.

Bjosssss ;)

Olhos Dourados disse...

Pois, os amigos devem estar lá para isso também.