sábado, 30 de outubro de 2010

faz hoje um ano que sentada a uma mesa de um restaurante aqui em Génova, (no que seriam umas banais férias) que me foi colocada a possibilidade de mudar a minha vida. Primeiro interroguei, depois ri e por fim disse "Não", disse aquele mesmo "Não" que tantas e tantas vezes disse em tantas ocasiões, sem ponderar, sem pensar, dizia-o apenas porque a mudança me aterrorizava, esse "Não" era sempre o caminho mais fácil para justificar o meu medo, a minha falta de motivação para qualquer coisa que fosse nova.
Um ano passou, e naquele dia estaria longe de imaginar que apenas um mês depois dizia "sim", e que dois meses depois estaria a aterrar de malas e bagagens, e que um ano depois ainda aqui estaria para contar que passou um ano daquilo que apelidei como uma "proposta absurda".
Um ano passou e mudou tanta coisa, mudei tanto, mudámos tanto. E ainda bem que aprendi a dizer "Sim".

1 comentário:

Olhos Dourados disse...

A mudança assusta, mas às vezes faz bem!