quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

e agora a minha vida é isto, tenho as minhas saídas contadas com as sonecas do meu cão, quando está acordado a lixar-me a cabeça, os móveis, os sapatos, a mijar em tudo o que é canto é ver-me que nem uma maluca a despachar tudo cá em casa, quando o gajo cai para o lado de cansaço, é a hora de aproveitar e dar à soleta. Ai jasus... ainda não descobri a fórmula para o gajo dormir uma noite inteira (ou pelo menos 8 horas seguidas), mas irei chegar lá, não sei quando, mas irei!

Sem comentários: