segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A PROCURA DE TRABALHO...

aqui na zona onde trabalho não é novidade, até porque é uma zona insdustrial onde se amontoam muitas empresas das mais diversas áreas. São raras as semanas em que não me entra pela porta, um ou outro indivíduo, à procura de uma oportunidade de trabalho. Até aqui nada de novo, até porque as taxas de desemprego crescem diáriamente à escala nacional, mas a forma como determinados tipos se apresentam, espelham bem a realidade... não querendo ser exagerada, digo e afirmo que 60% (talvez mais) entram aqui, só e unicamente, para carimbar o papelinho do Centro de Emprego... não querem trabalho e muito menos trabalhar! Outros há que procuram de facto um trabalho, uma nova oportunidade, mas cada vez mais me parecem uma minoria! Existem coisas que me superam...

10 comentários:

Silk disse...

Já conheces o site http://vendoaminhamae.blogs.sapo.pt?? O últimos post é um bom exemplo do que referes... Bjs
(http://soulofsilk.blogspot.com/)

Lia disse...

olha, a minha mãe está desempregada e queria mesmo trabalhar, mas qd vai para carimbar o bendito papel só ouve "você é muito velha para o que procuramos"... há de tudo por aí!

Olhos Dourados disse...

Pois, se calhar há para os dois lados, não tenho dúvidas.

Mr. Me disse...

Há grandes dramas, é uma verdade. Espero que nunca passemos por isso! :\

Nuno disse...

O problema é que muitos dos apoios que são dados não são controlados. Há muita gente a receber subsídios que não precisam. Infelizmente, há por aí muita escumalha que precisava de levar uma lição. Mas se alguém vai a fazer alguma coisa cai logo o Carmo e a Trindade!!! Enfim...

Beijitos,
Nuno.

disse...

Sem dúvida. Quando trabalhei em RH vi muito boa gente recusar emprego, porque preferiam ficar em casa com o subsídio...

Lactrodectus Mactans disse...

É uma realidade triste...não é por acaso que se diz que somos um país de preguiçosos...

Me disse...

Não generalizando, não deixa de ser uma vergonha...

Angela Soeiro disse...

Por aqui é a mesma coisa... ''E não ponha a data menina que eu depois ponho''... Dasss
E depois há os outros. Aqueles a quem eu gostava de oferecer mais do que um carimbo parvo e uma rubrica!

PP_FANTASMA disse...

Strange days we're living!
Ks